8 de novembro de 2011

O chapéu voou da cabeça da garota, ela foi atrás. O vento levava tão longe, que ela teve que correr. Corria, corria mas não alcançava. Subia em morros, descia, pulava e tentava alcançar, mas não conseguiu. Sentou na grama e ficou só observando seu chapéu ser levado embora. 'Será que ele voltaria?' pensava a garota desanimada. Os seus cabelos voavam junto com folhas que passavam passando por sua orelha. A sua volta estava uma belo  Ipê amarelo. A grama era verde, como seus olhos. Seus cabelos, louros, como ouro. A menina voltou para casa em saltitos. Chegou em casa e encontrou o seu chapéu. Soube porque Deus fez aquilo acontecer. Era uma prova que as coisas vão e vem, sendo ruins ou Boas. E ela nunca perdeu a esperança, de ter sua mãe de volta.


Desculpem não postar por taaannnto tempo. Agora eu voltei :D
Bjs, tchau!


2 comentários:

  1. Awn' q lindo, Sara!
    É, aquela foto do Log é mesmo tããão linda! Ele tah cada vez mais lindo...
    Bjs, Bia

    ResponderExcluir
  2. Adorei seu blog, flor! Você escreve muito bem!

    Seguindo! Segue de volta, se quiser?

    http://balas-e-chicletes.blogspot.com/

    ResponderExcluir