6 de dezembro de 2012

Aventuras de uma Quase Deusa cap.2

                                     Tumblr_mdjf7rdycz1r9t15do1_500_large
Oioi cupckaques! welcome to my new fanfic,the second chapter!
Com mais um capítulo acompanhem o que se vem em seguida: (se emocionem plz)

                                           Aventuras de uma Quase Deusa cap.2

                                            Cheguei já com um pé na missão?

Bom todos ficavam observando a imagem acima de mim e me olhando, mas até que Quirón anunciou:
-Deêm boas vindas para Melissa, a nova filha de Poseidon!- falou com os olhos fixos em mim, então todos começaram a bater palmas e me dar parabéns.Corei, mas não queria demonstrar isso à ninguém então abaixei a cabeça e olhei os meus pés.Estava calçando um All-Star velho e surrado, muito usado. Continuaram as músicas,consegui me desconcentrar e cantar junto com meus colegas.
Depois de uma hora, ou duas, Quíron anunciou a volta aos chalés.
-Crianças já é hora de ir para os chalés.-Se virou para Percy e disse:-há, e Percy mostre o chalé de Poseidon para Melissa, deixe ela bem á vontade.
Percy assentiu com a cabeça, me chamou com uma das mãos,a outra mão estava no bolso segurando contracorrente.
-Vamos- disse ele quando começou a caminhar. Dei uma corrida atrás dele até chegar ao passo dele.Enquanto caminhávamos ele me contava suas aventuras com Annabeth e Grover, ele contou todas as emoções que esse acampamento sofreu, a volta de Thália,o Deus Pã morto e muitas coisas, as batalhas, etc.
-Então, me conte, quantos anos você tem?- mudou de assunto, me toquei que eu não falei muito de mim, ninguém sabia quantos anos eu tinha, de onde eu vinha, e algumas coisas mais.
-Tenho quinze anos- Percebi a cara dele de surpresa, mas eu tinha falado um pouco distante.Pensava como era minha vida antes, e agora.Mas logo em seguida, chegamos ao chalé. A aparência era típica do mar, algas na maioria dasparedes, alguns detalhes das conquistas de Poseidon em mármore com musgo.
Ao entrar senti um cheiro de mar,era confortante, tinham seis camas separadas com cada uma seu criado-mudo. Ao fundo uma janela com vista para o mar e ao lado um banheiro.
-Bom bem vinda nova irmã- comprimentou Percy com um sorriso no rosto- Seja bem vinda ao chalé de Poseidon.
Quando ele falou isso, o mar ficou se agitando um pouco mais, sei lá, estava meio confusa.Mas me limitei a dar um sorriso.
-Bom, você estava toda vermelha na fogueira.-demos risada.Sei lá mas parecia algo novo, que eu gostei, nunca tinha me divertido tanto, nunca tinha dado tanta risada. Foi bom.
-Ahn Percy,-comecei uma pergunta, ele se assustou um pouco, mas depois continuou a me ouvir
-Você acha que eu vou ir bem nas atividades?É que todos esperam muito de uma filha de Poseidon.
-Mel, você vai se sair bem.- falou ele colocando uma de suas mãos em meus ombros e dando um sorriso encorajador.-Agora vamos dormir.
Me deitei em minha cama, adormeci quase imediatamente.

                                                      Pov Percy
Acordei de manhã, Melissa já estava pronta para o café, estava arrumando sua cama e ajeitando suas coisas. Estava com a camiseta do acampamento, uma calça jeans e um all-star. Tinha cabelos ondulados castanhos até os ombros,olhos verdes e um sorriso abriu quando ela viu que eu acordei.De noite não consegui ver que ela se assemelhava muito a mim, era bonita.
-Você fala enquanto dorme- disse ela simplesmente, deu um sorriso zombador. Sorri de volta.
-Já me falaram isso- comentei e começamos a dar risadas.
Me arrumei e saímos para o café. no caminho vimos o chalé de Hermes e o de Deméter indo para o café, só agente estava um pouco atrasados.Olhei para o lado e um campista do chalé de Hermes tinha tropeçado mas acabou disfarçando, percebi que minha irmã também percebeu, olhamos um para o outro e caimos em gargalhadas.
Tomamos café e fomos para as atividades normais, dava para ver que Mel estava um pouco assustada, e um ato de bondade olhei para ela e falei:
-Boa sorte, você vai se sair bem- e sorri, ela pareceu mais calma, também a hiperatividade não
ajudava muito. A vida de um meio-sangue não é fácil. Logo fui com o chalé de Deméter  treinar luta com espadas. Jeef, um garoto de Deméter,me contava uma história de quando ele foi 'descoberto'. Era um garoto engraçado tinha uns 11 anos, por ai.
Ao chegar à arena, vi Melissa lutando com um menino do chalé de Hermes. Ela parecia calma,mas o menino não. Sentei-me ao lado de um campista que estava impressionado.
-Sua irmã luta bem Percy, além do mais acho que luta melhor que você-Comentou uma menina atrás de mim, olhei e vi Annabeth.Ela lançou um sorriso desafiador, mas do mesmo jeito lindo.
-Ha duvido você ganhar dela- desafiei-a. Mas ao contrário do que eu esperava ela rejeitou e fez uma cara perigosa e olhou estranhamente para o lado, acompanhei seu olhar: Rachel vinha com uma névoa verde em volta dela seus olhos estavam brancos e ela se virou para Melissa, que tropeçou assustada, recuando.
                                     A filha do deus do Mar deve caçar
                                     Com 3 meio-sangues irá ao lugar temido
                                     Um deles abandonará a fé e seguirá sozinho
                                     E um Deus se tornará inimigo
                                     E difícil será encontrar quem é seu amigo.
                                   

A 'plateia' ficou com medo, silenciosa  Rachel caiu no chão,mas logo se levantou. Olhou para as pessoas em volta dela, e confusa perguntou:
-O que foi? Como vim parar aqui?-Olhou para Melissa e com um sorriso fraco no rosto completou
- Você tem a mesma cara de assustada do que Percy.
-Ei!-protestei- Eu estou aqui tá?!
Ela olhou para mim e deu risada, alguns campistas a acompanharam. Annabeth olhou para mim com os lábios comprimidos.
-Devemos contar a Quirón
Concordei, chamei Melissa e fomos para a casa grande, mas como sempre foi, antes de chegarmos lá, Quirón já sabia e nos esperava na porta de frente.Melissa estava um pouco "fora do ar" e assustada.
-O que o Oráculo vos disse?- apressou-se Quirón em perguntar.
Contei a ele como Rachel chegou, e as palavras ditas. A cara de Quirón permaneceu um pouco perturbada, olhou para agente e depois para Melissa, mas logo em seguida desviou o olhar.
-Teremos uma nova missão, reúna os governadores de chalé, me encontrem na sala de reuniões da casa grande às sete em meia.Fale somente para os governadores, e os faça jurar que não contarão para ninguém.


CONTINUA...


Bom esse foi mais um capítulo dessa nova fanfic.
Espero que acompanhem, demorei uns dois ou três dias para escrever, então seria legal uns comentarios, né? rsrs 
Beijinhos e até a próxima!
Sarinha




Um comentário: