3 de dezembro de 2012

Nova Fic =)

Tumblr_me9hs8ddzw1rkrr5go1_500_large
Bom dia, bem vindos de volta ao Coluna da Sarinha!
Miiiil desculpas por abandonar vocês, sabe né, tinha desanimado e tals...Mas agora voltei só para "me divertir".
Bom vamos começar um textinho nem um pouco elaborado de princípio:
Nova Fanfic! Olha só:

                                           Aventuras de uma quase Deusa Ep.1

                                              Já sei quem são meus pais...
 Passeava em um belo parque onde frutas eram colhidas no mesmo instante que crianças andavam de bicicleta com seus pais supervisionando e rindo da inocência daqueles futuros adultos.Minha mãe bom, estava sentada em um banco de madeira.Olho para ela e me chama para conversar e observar os patinhos seguindo sua mãe no lago de águas azuis no central Park. 
-Ah filha, queria que sua vida fosse assim para sempre- falou meio preocupada, mas bem calma. Me assustei, por que falou aquilo?Será que algo aconteceria comigo?Mas logo esqueci, porque meu pai acaba de chegar de sua corrida habitual. Eu já era um pouco diferente, tinha dislexia e déficit de atenção já havia mudado muitas vezes de escola, porque arranjava muitos problemas,brigas, etc. Até uma vez um cachorro pitbull invadiu a escola (história looonga)...
Bom, voltamos para o apartamento que atualmente moramos em NY, antes morávamos em Nova Jersey, mas tivemos que mudar por causa do novo emprego de Danny,meu pai, eu adorei o apartamento que arranjamos.
Acordei de manhã,me levantei e me troquei relutante porque tinha de ir à escola, já que não gostava   
muito não. Só gostava das aulas de natação,onde me dava muito bem.Fui tomar café que minha mãe preparou, me surpreendi, Mãmãe me fez panquecas!Mesmo que ela seja minha madrasta, acostumei a chamá-la de mãe.
-Filha estamos atrasados!-gritou meu pai, correndo para pegar sua mala de trabalho. Parou e me olhou silenciosamente por um bom tempo, até que se lembrou o que ele estava fazendo e me chamou a atenção.-Vamos, já preciso pegar o carro!
-Tá, já vou.Tchau mãae-e- percebi que havia gaguejado,sempre falava normal mãe me dirigindo á ela.
Algo estranho me invadiu e acordei deitada em minha cama com muita gente desconhecida conversando com meu pai.Eram dois meninos e uma menina, a menina tinha olhos cinzas tempestuosos com mais ou menos 16 anos, cabelos louros encaracolados.Um dos meninos tinha cabelos castanhos escuros, cheirava ao Oceano... Sei lá, mas reparei que o outro garoto tinha... pés de bode? Eles perceberam que eu acordei, logo se viraram para mim. Me sentei e senti uma dor insuportável na minha perna direita, olhei para ela e começou a soltar fumaça, segurei a dor, nunca havia chorado por causa de dor, então continuei assim.Me deitei novamente mas eles pareciam assustados, parecia que eu já sabia o nome deles seilá.
-Annabeth, me ajude!-gritei para a menina loira. Ela estranhou muito mas então correu até minha cama e examinou minha perna, que continuava na mesma dor.
-Co-como você conhece Annabeth?-perguntou assustado o menino-bode, e logo olhou para o amigo.
-Ela pressentiu- apressou-se Annabeth ao falar, e me olhou nos olhos, sua cara foi de
espanto.- E-ela  é uma das semideusas mais,mais poderosas que eu já vi.
-Por que tem um menino-bode no meu quarto e gente que eu jamais vi?! E o quê!? Eu uma semideusa, isso, isso não existe!-falei  sentando e abraçando os joelhos, a dor tinha passado quando eu encostei a mão no joelho.
-Filha, eu sei que é estranho, mas você deve ir para o Acampamento meio-sangue o mais rápido o possível  você corre mais perigo aqui.-dessa vez foi meu pai que falou em um tom sério.Senti uma raiva, por que Ninguém me conta o que acontece!! QUERO SABER, e percebi que minha cara era de raiva, uma brisa vinha pela janela com fuligem, que antes não tinha vindo.Todos olharam para a janela.
-Percy, temos que levá-la a Quirón!-Falou Annabeth ao garoto á esquerda de meu pai.
-Primeiro quero saber o que está acontecendo!O que aconteceu comigo?!-Explodi essas falas, mas eles só ficaram me olhando.Levantei.-ME FALEM!
-Vamos para o acampamento primeiro.-Falou em tom calmo o menino-bode.Acabei concordando.
Eles me levaram para o terraço onde haviam pégasus, como eu havia estudado em História da Mitologia Grega.
-Você vem comigo...- Falou o menino- Por acaso, não nos apresentamos. Eu sou Percy Jackson, ela é Annabeth e esse "menino-bode" é Grover.
-Muito prazer, blá blá, meu nome é Melissa- Falei em uma voz de pouco caso,mas na hora que falei meu nome parecia que a terra tinha se movido, e o céu mudado- Eu ainda corro perigo? Ou vamos comer uma pizza?Ou vou morrer instantaneamente?
-Melhor voarmos para o acampamento, enquanto isso te explico o que acontece "atualmente"-Falou Percy, em voz um pouco de zoação.Apontou ao cavalo do meio, que eu achei meio estranho, conseguia ouvir ele falando.
-Vocês conseguem ouvir eles falando?-perguntei em um tom de dúvida inconfundível.Annabeth,Percy e Grover se entreolharam assustados.Mas depois se tranquilizaram,ao lembrar que eu tenho pai. Sei lá o que ouve mas subimos nos cavalos e eles ficavam conversando tão baixinho...Montamos e fomos ao voo.
-Bom, primeiramente, meio-sangue é aquele que é filho de um deus com um mortal.Esse semideus tem poderem do pai ou da mãe, que quando completa 13 anos é levada para o Acampamento Meio-Sangue.Por exemplo minha mãe é Athena, o pai de Percy é Poseidon. O acampamento é nosso lar, é lá onde recebemos um treinamento adequado para lutar contra monstros, que...-Ela foi interrompida por alguma coisa que voou tão perto que pude quase ver um rosto com olhos vermelhos.-MELISSA ABAIXE-SE-gritou olhando para mim.
Mas ao invés de me abaixar, saquei uma espada que surgiu do nada no meu bolso e ataquei com reflexos rápidos, acabando com aquele monstro tão rápido quanto ele me atacou.
-BlackJack Rápido ao Acampamento!-gritou Percy instantaneamente estávamos em uma praia.Um Centauro apareceu, depois de tudo que aconteceu hoje, não me assustei.
-Bom, você deve ser Melissa a nova campista, bem vinda ao Acampamento meio-sangue!-falou com um sorriso preocupado na cara.Mas depois melhorou.-Venha ver o video de iniciantes.
E me levou para a casa grande onde assisti um vídeo e entendi tudo.Depois foi anunciado o jantar, eu me sentei com os filhos de hermes já que eu ainda não sabia quem era meu pai/mãe porque só depois entendi que Danny não era meu pai, que um dia nas férias ele tentou me falar que meu verdadeiro pai tinha morrido e eu não acreditei. Na hora da fogueira, assamos marshmellows, mas na hora que começamos a cantar algo apareceu sobre minha cabeça, um tridente mas com um fogo ao lado, muita gente achou estranho, eu,eu não era só uma filha do deus do mar, eu também era filha de uma mortal que morreu ao meu nascimento e por isso sou protegida pelo amor.


CONTINUA...





Bom primeiro capítulo, esperem por outros meus cupckaques! 
até o prox post!
beijinhos Sarinha s2




2 comentários:

  1. Legal!!! A história promete ser bem legal, só precisa de uns ajustes na pontuação, ortografia essas coisas, e talvez um pouco mais de detalhes, a história está acontecendo muito rápido. Bom, estou feliiiz de vc ter voltado, Sarinha!

    Bjs, Bia

    P.S.: flndo de fanfics, já postei a segunda parte do cap. final de aventuras de uma meio-sangue, agora so falata a ultima parte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já vou correndo lá ler =) Ah e obrigada por me falar uns "defeitos" XD nada é perfeito, vou tentar melhorar.

      bjinhos
      sarinha

      Excluir