8 de abril de 2014



Incrível o poder das palavras em um mundo onde aparência tem mais valor que inteligência.

                                                           

2 de abril de 2014

Amanheceu. O sol entrou pela janela do meu quarto e iluminou os quatro cantos, e ao mesmo tempo me acordando com tamanha beleza e formosura incomparável por nenhum outro astro da via láctea. 
Me sentei na desarrumada cama com cobertores brancos e cinzas de variadas tonalidades, que tinham um bom contraste com o quarto de paredes brancas, o guarda roupa escuro e a escrivaninha preta recoberta de papéis espalhados e cifras de violão revisadas e rabiscadas, que carregavam aquele ar de frustração ao serem inutilizadas. Bocejei, já que como sempre, estava com sono aquela vontade mútua que muitas pessoas sentem ao se levantar, a voltar a dormir e cabular aquela chata primeira aula do dia.
Respirei fundo, e já estou pronta para enfrentar mais um dia, e ao chegar no final, comemorar mais uma vitória e ir dormir tranquila.

-Sarinha

13 de março de 2014

Um pouco complicado


...

Eu vivo em um mundo onde não consigo ajustar galáxias em pensamentos, e pensamentos em galáxias. Onde tudo é invertido, inexplicável, sem lógica. "Viver no mundo da lua" isso descreveria bem eu agora, neste momento. Eu posso fazer cálculo para tudo, mas quem disse que eu quero? Assim como posso descrever tudo, fazer livros de tudo. Eu posso tudo. Eu posso ser eu, assim como posso ser você ou alguém que consiga ajeitar seus pensamentos em galáxias e galáxias em pensamentos. Então, bem vindos ao meu simples mundo.

9 de março de 2014

Brasil x Livros

É incrível como sempre esperamos finais felizes de livros em nossas vidas.
Esses dia seu estava refletindo sobre os acontecimentos dos últimos dez anos no Brasil, nossa situação econômica, social e cultural. Comecei a comparar nossos políticos, no caso o governo em geral, com os livros que estão em "alta" hoje em dia, como os famosos Harry Potter e Jogos Vorazes. Durante essa reflexão, percebi uma coisa:  A imagem do governo sempre foi vista com uma opinião unânime, sendo ela capitalista, comunista etc. Qual seria essa imagem, eu vos pergunto.
 Antes de dizermos o que é, vamos seguir nosso raciocínio com uma comparação simples do governo brasileiro com uma das sagas mais lidas da nossa década, e da década passada: Harry Potter. O Ministro da Magia nos primeiros cinco livros é Cornélio Fudge, que acreditava em seu poder e conhecimento eramos unicos que contavam. Ele não queria ver o que estava acontecendo no momento, que o Lorde das trevas havia voltado, e encarava a morte de Cedrico Diggori como acidental, além de manipular a cabeça dos bruxos pelo jornal "O Profeta diário" para fazer eles acreditarem nele.
Isso é exatamente o que acontece com esse governo da nossa presidente Dilma: Não quer ver ( No caso, não querer ver ) o que esta acontecendo no país, e fazer as pessoas acreditarem em sua visão: Que o país é desenvolvido, e que não há uma grande desigualdade social e uma qualidade de vida quase precária para alguns.
 Então, já entenderam a opinião unânime? Sim, é a corrupção de nossos governos. Pode ser aqui, no livro Jogos Vorazes, no livro Harry Potter, todos tratam a política como corrupta.
 O mais incrível são os modos, as ações que eles tomaram para mudar isso. Em forma geral, sem entrar em detalhes, eles se mobilizaram, causaram uma revolução. Manifestaram sua ingratidão com o governo lutando. Esse seria o nosso "final feliz", conseguir mobilizar todos os brasileiros trabalhadores, estudantes, para mudar nosso governo. Não seria um sonho?
Basta apenas força de vontade e solidariedade com os outros habitantes desse país, cada um cooperando com o outro, sem ordem social, ou preconceito.
🌆